PARA ADQUIRIR O LIVRO
clique aqui
 

 
   
     

96  
A constituição pastoral Gaudium et Spes 172 (1965), do Concílio Vaticano II, constitui uma significativa resposta da Igreja às expectativas do mundo contemporâneo. Na citada constituição, «em sintonia com a renovação eclesiológica, reflecte-se numa nova concepção de ser comunidade dos crentes e povo de Deus. Ela suscitou, portanto, novo interesse pela doutrina contida nos documentos precedentes acerca do testemunho e da vida dos cristãos, como caminhos autênticos para tornar visível a presença de Deus no mundo»173. A Gaudium et Spes traça o rosto de uma Igreja «real e intimamente ligada ao género humano e à sua história»174, que caminha juntamente com a humanidade inteira e experimenta com o mundo a mesma sorte terrena, mas que ao mesmo tempo «é como que o fermento e a alma da sociedade humana, destinada a ser renovada em Cristo e transformada na família de Deus»175. A Gaudium et Spes aborda organicamente os temas da cultura, da vida económico-social, do matrimónio e da família, da comunidade política, da paz e da comunidade dos povos, à luz da visão antropológica cristã e da missão da Igreja. Tudo é considerado a partir da pessoa e em vista da pessoa: «única criatura sobre a terra a ser querida por Deus por si mesma»176. A sociedade, as suas estruturas e o seu desenvolvimento não podem ser queridos por si mesmos, mas para o «progresso da pessoa humana»177. É a primeira vez que o magistério solene da Igreja, no seu mais alto nível, se exprime tão amplamente acerca dos diversos aspectos temporais da vida cristã: «Deve reconhecer-se que a atenção da Constituição às mudanças sociais, psicológicas, políticas, económicas, morais e religiosas estimulou cada vez mais, nos últimos vinte anos, a preocupação pastoral da Igreja com os problemas dos homens e o diálogo com o mundo»178.
172 Cf. CONCÍLIO VATICANO II, const. past. Gaudium et Spes, AAS 58, 1966, p. 1025-1120. 173 CONGREGAÇÃO PARA A EDUCAÇÃO CATÓLICA, Orientações para o Estudo e o Ensino da Doutrina Social da Igreja na Formação Sacerdotal, n.º 24, Tipografia Poliglota Vaticana, Cidade do Vaticano, 1988, p. 27. 174 CONCÍLIO VATICANO II, const. past. Gaudium et Spes, n.º 1, AAS 58, 1966, p. 1026. 175 CONCÍLIO VATICANO II, const. past. Gaudium et Spes, n.º 40, AAS 58, 1966, p. 1058. 176 CONCÍLIO VATICANO II, const. past. Gaudium et Spes, n.º 24, AAS 58, 1966, p. 1045. 177 CONCÍLIO VATICANO II, const. past. Gaudium et Spes, n.º 25, AAS 58, 1966, p. 1045. 178 CONGREGAÇÃO PARA A EDUCAÇÃO CATÓLICA, Orientações para o Estudo e o Ensino da Doutrina Social da Igreja na Formação Sacerdotal, n.º 25, Tipografia Poliglota Vaticana, Cidade do Vaticano, 1988, p. 29.

São expressamente interditas a cópia, a reprodução e a difusão dos textos desta edição sem autorização expressa da PRINCÍPIA Editora, quaisquer que sejam os meios para tal utilizados, com a excepção do direito de citação definido na lei.